quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Lenda de Oxum e Iemanjá


Iemanjá sentia um imenso amor por sua irmã Oxum
Nesta lenda Oxum a mais bela das Yabás,era uma rainha muito rica que se orgulhava por ser uma figura esplêndida e por possuir jóias, ricos vestidos, e também do seu enorme e sedoso cabelo.
Passava muitas horas olhando se no espelho e vendo refletir seu rosto.
Seu reino foi alvo de guerras sangrentas e a Oxum não restou outra alternativa senão fugir e abandonar tudo.
A partir daí passou por momentos de privação e trabalho duro.
Das suas vestes só lhe restou um vestido desbotado e estragado de tanto lavar no rio,teve que vender suas jóias para comer e devido ao seu sofrimento perdeu seu cabelo.
Oxum estava pobre ,escrava e só. Oxum chorou na beira -do-rio e como todos os rios desembocam no mar ,as suas lágrimas chegaram até o fundo do mar, onde vive Iemanjá sua irmã mais velha. Então na verdade Oxum não estava sozinha.
Dona de todas as riquezas do mundo e pessoa que mais amava Oxum sobre a Terra, Iemanjá decidiu ajudar a sua irmã.
Iemanjá foi ao encontro da sua irmã que estava destruída material e espiritualmente. E disse a Oxum:
“Não chore mais Oxum, tuas lágrimas se cravam em meu coração. Rainha foi e rainha voltará a ser por graça de Olofin. De hoje em diante, te pertencerá todo ouro,que se encontra nas entranhas da terra, todos os corais que se encontram no fundo-do-mar, serão seus para que se enfeite com eles. Não voltará a trabalhar como escrava irá sentar-se em um trono dourado ,como corresponde as rainhas. Terás um abano de pavão real que és meu e passará a ser seu. E para que não fique mais atormentada porque perdeu seus cabelos, olhe ,vê os meus cabelos? Recordas que és meu orgulho, assim como o seu era para ti? Toma e faça uma peruca com eles até que os seus cabelos voltem a crescer.”
Dita estas palavras Oxum com sacrifício e lágrimas nos olhos cortou um pedaço do cabelo de Iemanjá.
Desde esse dia Oxum defende sempre as filhas de Iemanjá e vice-versa. Essa é a causa pela qual as filhas de Oxum e Iemanjá devem evitar cortar muito os cabelos.
Odoyá
Ora yê yêo