quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Pomba gira na Umbanda


Dentro da Umbanda, o nome Pomba Gira pode ser traduzido como: mensageira dos caminhos à Esquerda. “Pomba” é um pássaro que já foi usado como correio (pombos-correios); e “gira” expressa a idéia de movimento, caminhada, deslocamento etc. Como essas Entidades atuam na Esquerda, vem o significado de mensageira dos caminhos à Esquerda.
Logo no início da religião de Umbanda, as primeiras Entidades que se apresentaram foram os Caboclos, os Pretos Velhos e as Crianças. Em seguida vieram os Exus, que chegaram trazendo Entidades companheiras, as quais se identificavam como Pomba Gira.
Assim como Exu é um guardião e protetor na Esquerda, Pomba gira também é uma guardiã protetora atuante na Esquerda da Umbanda. Ela se apresentou como par natural de Exu e por esse motivo, no início das suas manifestações, se pensava que Pomba gira fosse “mulher de Exu” e até “mãe de Exu Mirim”. Com o passar do tempo, a Espiritualidade foi esclarecendo melhor aquele tipo de manifestação, aumentando a nossa compreensão a respeito dessas Entidades.

Pomba gira é um espirito de mulher empoderada que tem uma grande força é inteligencia para ajudar as pessoas que estão passando momentos em desiquilíbrio financeiro, amoro, etc. E jamais a Pomba gira de Umbanda é evocada para a pratica do mal, são espíritos que não praticam amarração e seguem as Leis Divinas.

Saudação: Laroyê Pomba Gira Mojuba.